CUT PI > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > CUT-PI E FETAG/PI REALIZAM DEBATES SOBRE A PREVIDÊNCIA COM TRABALHADORES RURAIS.

CUT-PI e FETAG/PI realizam debates sobre a Previdência com Trabalhadores Rurais.

02/03/2017

#TODOSRUMOAGREVEGERAL!

Escrito por: Socorro Silva/Ascom/CUT-PI.

CUT-PI e FETAG/PI realizaram debates com Trabalhadores Rurais para discutir os possíveis danos que podem ser causados, caso o projeto da Reforma da Previdência seja aprovado, as agendas nos municípios fazem parte as sequencias de debates sobre a reforma da previdência, onde a Central coloca-se contrária a maldita proposta do ilegítimo Governo Temer. Durante as assembleias os trabalhadores e as trabalhadoras estão sendo convocados (a) para a Greve Geral, e discutem as estratégias para abordagem aos parlamentares federais do Piauí para que votem contra a aberração que é esse projeto. Uma audiência pública e uma assembleia aconteceram no sábado dia 25 de fevereiro, em Esperantina e Madeiro/PI.
 
Paulo Bezerra – Presidente da CUT-PI:“A CUT-PI está em parceria com a FETAG-PI junto aos sindicatos rurais realizando assembleias que discutem a reforma da previdência, não podemos de forma alguma aceitar que esse projeto entre em pauta, não podemos permitir que tudo que conquistamos caia por terra, não permitiremos que sejam retirados os direitos dos trabalhadores, cabe a nós fazer o enfrentamento contra tudo o que ferir a classe trabalhadora, pois esse é o papel da central, temos que somar junto aos movimentos sociais, junto aos sindicatos, e conscientizar a sociedade que o momento é grave, e que não iremos descansar enquanto não derrubar esse governo ilegítimo que seleciona a quem quer beneficiar”. Disse.
 
Estamos vivendo tempos difíceis, onde a oferta dos serviços públicos tende a minimizar com a agenda neoliberal patrocinada pelo atual presidente da República e os representantes do povo tanto do Congresso Nacional como do Senado. Todos alinhados em forma de tripé para que tudo que foi galgado nos últimos 14 anos, seja derrubado durante meses de gestão, nunca se viu na história, tanta maldade junta para a classe trabalhadora, no entanto, para os Deputados e Senadores que não pensam no bem coletivo junto a Michel Temer, fazem discurso falso e com radicalismo, há cada vez mais benefícios do tipo Aposentadorias que já foram beneficiados quando jovens e hoje propõem um modelo para acabar com a expectativa de aposentadoria de qualquer trabalhador, ou melhor nem há expectativa alguma, pelo contrário, ficaremos num beco sem saída, caso a tal Reforma passe do jeito que está a proposta. Que Reforma é esta que vai prejudicar os trabalhadores e justamente aqueles que produzem e promovem o desenvolvimento do nosso País? Temos a clareza de que não é Reforma e sim anulação dos direitos da sociedade alcançados às duras penas, na luta cotidiana das ruas, dos Sindicatos, da CUT, das mobilizações integradas com os movimentos sociais.
- A PEC 287/16 vai interferir na vida da família, vai exterminar o futuro das pessoas no sentido de aposentadoria, altera os Artigos da CF de 1988: 37, 40, 149, 167, 195, 201, 203. transformará o Brasil num dos piores países do mundo se aprovada .Veja alguns pontos perigosos que estão no texto e que retiram direitos: Aumento da idade para 65 anos sem distinção de gênero, fim da aposentadoria por tempo de contribuição, para receber 100% da aposentadoria vai ter que contribuir 49 anos, proibição de acumulação de pensões e aposentadorias, fim do regime de contribuição do trabalhador rural com base na produção comercializada, aumento para 70 anos de idade para gozo do benefício assistencial do idoso, nova regra de transição para os servidores, fim da paridade e da integralidade, aumento da idade para aposentadoria compulsória. O que observa-se é um conjunto de maldades nesta proposta que cabe a nós trabalhadores de todo o País, a união, ações articuladas, greve geral já proposta para dia 15 de março, não desistir nunca de lutar. A resistência é o carro chefe da nossa luta.
 
TODOS NA MOBILIZAÇÃO DO DIA 15 DE MARÇO.
SOMOS FORTES! SOMOS CUT!
 
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Privatização Revista Popular Sindical FNDC

CUT PIAUÍ
Rua Riachuelo, 929 | Centro/Norte | CEP 64000-050 | Terezina | Piauí
Telefone: (86) 3223.0574 | Fax: (86) 3222.3100 | http://www.cut-pi.org.br/