CUT PI > LISTAR NOTÍCIAS > AGÊNCIA DE NOTÍCIAS > CUT-PI PARTICIPA DA JORNADA NACIONAL DE DEBATES DO DIEESE, EM TERESINA.

CUT-PI participa da Jornada Nacional de Debates do DIEESE, em Teresina.

23/03/2017

#REAJAOUMORRATRABALHANDO!

Escrito por: Socorro Silva/Ascom/CUT-PI

 

A 13ª Jornada Nacional de Debates do Dieese foi enriquecedora, trazendo a Reforma da Previdência como tema principal, fortalecendo o dialogo com a CUT-PI e seus Sindicatos filiados, e as demais centrais e movimentos sociais, no Piauí. O encontro aconteceu durante toda a manhã de quarta (22), no auditório do SINTTEL-PI (Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações e Operadores de Mesas Telefônicas do Piauí). Cerca de 80 pessoas participaram do evento.

José Silvestre Prado do setor de Relações Sindicais do DIEESE foi o Coordenador do evento no Piauí. Silvestre destacou para a plateia de lideranças das centrais sindicais no estado e convidados, todos os desmontes de direitos apresentados pela PEC 287, que dispõe sobre a Reforma da Previdência.

Durante a abertura do evento, foram apresentados vídeos dos representantes das centrais sindicais falando sobre a reforma da previdência, entre eles o do Presidente da CUT-Nacional Vagner Freitas, em seguida foram mostrados conteúdos sobre a PEC 287, e o Reajuste Fiscal.

Analisando os principais impactos da Reforma, Silvestre do DIEESE deixou evidente que o projeto não atende aos interesses da sociedade, em especial a população de baixa renda, ou da maioria das famílias que esperam ter um envelhecimento assegurado. Até porque, destacou Silvestre, “É fato que o envelhecimento das pessoas tem um impacto com relação à reforma da previdência, o que conta não é o nascer, existe uma diferença imensa, o que conta é a chamada “SOBREVIDA”, quantos anos em média a pessoa ainda vai viver após a aposentadoria, o maior problema não é a despesa que alegam existir, e sim, o desvio do dinheiro que não se sabe para onde vai”. Disse.

Segundo Silvestre Prado, o resultado desse impacto é que muitos não vão conseguir se aposentar, e os trabalhadores que serão mais atingidos serão os da construção civil, trabalhadores rurais, e empregados domésticos. Com relação às Mulheres, o coordenador cita que “Além das mesmas terem uma dupla jornada, embora tenha tido avanços durante esses últimos 30 anos, encontrarão dificuldade de acumular 25 anos de contribuição, frisando que essa reforma previdência agravará a desigualdade social no país”. Cita.

Sobre a Economia dos Municípios:

Mais de 1.433 municípios se dispõem dos benefícios oriundos da previdência, o impacto é grande, e em virtude disso existem vários debates sendo feitos em audiências públicas, e assembleias, destacando o papel importantíssimo da Central Única dos Trabalhadores no Estado do Piauí-CUT-PI que veem cumprindo uma agenda de atividades que traz o tema previdência, junto aos municípios e aos trabalhadores.
Silvestre chamou a atenção para três pontos cruciais que se apresentam no momento e que causam grande impacto: A Terceirização, A Reforma da Previdência e a Reforma dos Gastos, esse cenário é muito grave e o momento é das centrais e sindicatos se fortalecerem em unidade, para dar seguimento aos debates e ao enfrentamento.

A CUT-PI foi representada pelo Presidente Paulo Bezerra, que destacou a importância de mobilizar e conscientizar a população quanto aos impactos da PEC 287. “A proposta do Governo ilegítimo da Reforma da Previdência, se aprovada, vai prejudicar toda a população brasileira, não vamos cruzar os braços diante dessa desconstrução do que conseguimos alcançar em meio a muita luta, a palavra de ordem é “RESISTÊNCIA”. Paulo Bezerra.

O Evento contou com Dirigentes dos Sindicatos filiados a central, Delegados (a) Sindicais, Frente Brasil Popular do Piauí, Instituto IFPI, Ação Agro Estrativista, Estudante do Serviço Social da Faculdade Santo Agostinho, MAIS – Movimento por uma Alternativa Independente e Socialista, SINPROSSEMA – Sindicato dos Professores do MA, dentre outros convidados (a).

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Privatização Revista Popular Sindical FNDC

CUT PIAUÍ
Rua Riachuelo, 929 | Centro/Norte | CEP 64000-050 | Terezina | Piauí
Telefone: (86) 3223.0574 | Fax: (86) 3222.3100 | http://www.cut-pi.org.br/