CUT PI > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > AUDIÊNCIA COM GOVERNADOR DO ESTADO DISCUTE PAUTAS DOS SINDICATOS E DA CLASSE TRABALHADORA.

Audiência com Governador do Estado discute pautas dos sindicatos e da classe trabalhadora.

09/08/2016

Vamos acompanhar os encaminhamentos, e fazer ser cumpridos.

Escrito por: Socorro Silva/Ascom/CUT

 

A Central Única dos Trabalhadores no Estado do Piauí-CUT-PI, representada por seu Presidente -Paulo Bezerra, e a CUT-Nacional pela Vice-Presidente Carmen Foro, estiveram em audiência com o Governador do Estado Wellington Dias, nesta segunda-feira dia 08/08, no Palácio de Karnak. A CUT solicitou a audiência por sentir a necessidade de manter um dialogo diante da realidade da Conjuntura Politica.

Para os Dirigentes Sindicais CUTistas, a central sempre está presente em defesa dos direitos da classe trabalhadora, e através do apoio que vem dando as entidades junto as suas bases, tem mostrado que cada vez mais é uma central de respeito, integridade, e aguerrida.

Durante a reunião que destacou a necessidade urgente de encontrar soluções para problemas referentes aos direitos dos trabalhadores em diversas áreas da educação, saúde, sistema de transporte público, dentre outros. Várias pautas foram apresentadas ao Governador, que estava acompanhado pela sua equipe, onde uma das principais reivindicações é que seja construído um dialogo permanente com a Central, e seus Sindicatos filiados, essa foi uma das prioridades da audiência.

Para Carmen Foro (Vice Presidente da CUT Nacional): "A situação no Piauí é gritante, e não vamos abrir mão de estarmos juntos, CUT-PI e CUT Nacional cobrando respostas positivas que venham a favor dos trabalhadores". Disse. Carmem fortaleceu que a iniciativa de diálogo com o governo partiu da premissa que o Piauí tem uma representação da CUT muito forte, citando o Presidente Paulo Bezerra, que está à frente da central, e que a luta será bem maior, onde os direitos dos trabalhadores serão cada vez mais respeitados.

"Quanto mais diálogo, mais possibilidade de enfrentar as dificuldades. Com o governo golpista agora, há uma derrocada do direito dos trabalhadores e temos que lutar mais para que sejam respeitados e para restabelecer a democracia. Esse novo governo tem uma visão privatista e a posição política faz muita diferença, então eu quero agradecer ao governo do Piauí, mas por educação, porque é um dever e uma responsabilidade e compromisso dos governos receberem o povo e tentar atender às suas necessidades", afirmou Carmen Foro.

O Governador do Estado se colocou a disposição para construir uma Agenda de Prioridades Coletiva, para atender a reivindicação da CUT/PI e CUT Nacional, de criar uma "Agenda Permanente" para os Sindicatos apresentarem suas demandas, e juntos encontrarem uma solução para cada necessidade, e que o momento é de crise para conseguir recursos para alguns setores.

Segundo o governador Wellington Dias, após a audiência e a criação da mesa de negociação permanente, o Governo do Estado poderá trabalhar em conjunto com os trabalhadores para resolver reivindicações da classe trabalhadora. “Junto a CUT, tomamos aqui uma decisão de criar uma mesa permanente de diálogo e que eles trabalharão em conjunto com as áreas e com esse diagnóstico da pauta das áreas, saberemos o que é realmente a pauta, qual o impacto ela tem. Temos casos de pautas que tem impacto financeiro, outras que não tem. Temos pautas que precisam de investimento, outras que não. Umas terão impacto na folha de pagamento, outras no custeio. De tal maneira que, com esse montante definido, a gente examina o que temos de solução no curto prazo, daremos a solução”. Conclui.

Paulo Bezerra - PRES.CUT/PI:"Nós construímos esse governo deste o inicio, nossa plataforma tem que ser apresentada para o governo que defende a política da classe trabalhadora, por isso estamos lutando pelos direitos dos trabalhadores do Piauí". Disse.

A CUT, através de seus representantes, solicitou que a mesa de negociação seja transformada em uma portaria instalada para que haja cumprimento em relação a agendas e solicitações dos movimentos sociais e órgãos sindicais.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

TV CUT
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.
João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta solidariedade a sindicalistas coeranos presos.

João Felício, presidente da CSI, Confederação Sindical Internacional, presta(...)

RÁDIO CUT
Privatização Revista Popular Sindical FNDC

CUT PIAUÍ
Rua Riachuelo, 929 | Centro/Norte | CEP 64000-050 | Terezina | Piauí
Telefone: (86) 3223.0574 | Fax: (86) 3222.3100 | http://www.cut-pi.org.br/